Algumas vezes sou criticado por ensinar as pessoas a fotografar, acham que estou dando um tiro no pé ao criar concorrentes, ou que estou querendo ganhar dinheiro com isso.

Na verdade eu curto falar e ouvir de fotografia, gosto de prosear sobre o assunto, teorias, experiências, besteiras, gosto de falar de meus erros e acertos e ouvir os dos outros.
Curto cada momento, curto cada risada, curto ver o brilho nos olhos de quem acabou de fazer uma foto que até então não lhe era possível ou acessível, curto saber que estou ajudando a mudar o rumo de uma carreira, e as vezes de uma vida com meus conhecimentos, minhas experimentações e com minha vivência. Curto ver que depois do brilho nos olhos abre-se um caminhão de oportunidades para cada aluno ou amigo que acabei de conhecer.

Quer saber, na verdade curto ter gente ao meu lado, saber que posso contar com amigos, que posso mostrar as pessoas o que Deus tem feito na minha vida e o quanto Ele é bom. Quero que as pessoas saibam que os méritos não são meus, mas sim Dele, costumo dizer para aqueles que perguntam o porque de estarmos fazendo um trabalho bacana, que minha fotografia não mudou muito nos últimos 5 anos, mas meu relacionamento com Deus mudou e muito. Hoje conheço meu Deus e confio a Ele minha vida, minha casa, minha empresa e meus relacionamentos, assim como meus sucessos e fracassos, tudo, tudo mesmo está nas Mãos de Deus.

Sabe mais o que curto? Ter minha mulher e namorada Mauriane Riguetti ao meu lado, sentir que posso confiar nela e que ela me apoia sem restrições, saber que ela vibra e cuida de mim. Curto ter funcionários que antes de colaboradores são meus amigos, sou fã deles. Nunca vi tamanha dedicação, carinho e amor pelo que fazem. Nessa experiência da Ilha foi o Rafael e o Wagner, mas dando suporte e tão importante quanto os que estavam lá, foram os que ficaram na empresa, Audrey, Mikelli, Lucas, Adilson, Junior, Nice e Milene.

Falando em curtir, curto saber que tenho um casal de parceiros que poderiam ser meus concorrentes mas que são meus amigos. É bacana dividir esse workshop com o Ricardo e Lays, os conhecimentos dele sobre iluminação, na verdade sobre fotografia… Tenho aprendido muito.

Curto perceber que a fotografia tem me levado a lugares que nunca imaginei chegar, e a Ilha do Beca é um desses lugares. Que paraiso lindo desenhado por Deus e cuidado por uma família incrível. Obrigado Renata e colaboradores pela hospitalidade, pelo carinho com todos nós, pela comida deliciosa. Não tenho palavras para agradecer.

Mais uma dedinho levantando para agradecer ao casal Thaisa e Plinio pela paciência com que nos brindaram com sua beleza posando para todos nós. Saibam que eles se dispuseram a nos ajudar gratuitamente, apenas pelo prazer de ajudar. Creio que ganharão fotos lindas, mas muito obrigado por tudo.

Curto também ouvir do Daniel nosso motorista do ônibus ao final da viagem que ele nunca tinha sido tão bem tratado por um grupo como foi com o nosso, parece brincadeira, mas não fizemos nada mais do que o tratarmos com respeito e educação. Obrigado por nos levar e trazer em segurança. Ele me fez pensar que a excelência pode e deve ser perseguida em qualquer profissão.

Para finalizar curto saber que ganhei vários amigos, sei que posso contar com eles daqui para frente no meu círculo de relacionamentos e que eles também podem contar com a gente. Acho que a grande tônica do Workshop não foi luz nem criatividade, mas sim os relacionamentos e o poder existente neles.

Obrigado Rafael, Wagner e Ighor nossos anjos, Mikelli por desenhar o certificado, , Evandro por mais uma vez nos ajudar prontamente com a Tv, Mateus por nos emprestar o Flash que fizemos a fotos no deck, Renata da Ilha do Beca e equipe, Thaisa e Plinio nossos noivos, muito obrigado de novo, sem vocês não seria possível fazer o WS.

Enfim chega de conversa, mas tenho que agradecer pelo carinho de todos vocês Aguinaldo Francisco, Alejandro Corbera, Alexandre Faria, André Medeiros, Ariane Bossardi, Beatriz Soave, Cristina Murata, Cristiano Rosa, Evandro Macedo, Igor Takashi, Kelly Cristina, Kevin, Luciana Tronchin, Mateus dos Santos, Nilson Murata, Paulo Renato, Ricardo Hassell, Roberta Correa, Robson Veronez, Suzana Corbera, Túlio Noronha e Vanessa Souza. Vocês são demais e vão ficar na memória.

Aprendi tanto com tudo, me emocionei, chorei, cheguei em casa feliz, parecia uma criança e sabe porque? Porque curto tudo muito isso, gente e fotografia, ou vice e versa.
Que Deus abençoe vocês.

PS: os links com os softwares, plugins e adaptadores usados no Workshop já podem ser vistos na página do grupo no facebook.